Sejam bem vindos ao Encantos da nossa aldeia, blogue para a divulgação das paisagens e habitos do povo das aldeias do nosso Portugal

Deixem o vosso comentario e voltem sempre



domingo, 4 de outubro de 2009

Portugal de lés a lés

Hoje nas minhas viajens pelo País, vou mostrar uma cide antiga berço dos estudantes
COIMBRA dos meus encantos
Quantas lendas e quantos segredos se podem contar sobre esta cidade?
Propono-lhe uma visita, acompanhada por um estudante de Coimbra, para reviver acontecimentos da história de Portugal, lendas e mitos sobre o amor, a saudade e a tristeza.

vista do mondego sobre a cidade no alto a universidade

Nesta foto podem ver a avenida Fernão Magalhães,, o hotel Tivoli e logo mesmo por traz vemos o Mondego que dá a Coimbra ainda mais encanto

<
nos arredores de COIMBRA fomos encontrar Conimbriga com as suas ruinas e todo o seu vasto património
Conímbriga é uma das maiores povoações romanas de que há vestígios em Portugal. Classificada Monumento Nacional, é a estação arqueológica romana mais bem estudada no país.
Conímbriga foi à época da Invasão romana da Península Ibérica a principal cidade do Conventus Scallabitanus, província romana da Lusitânia. Localiza-se a 16 km de Coimbra, na freguesia de Condeixa-a-Velha, a 2km de Condeixa-a-Nova.
a href="http://1.bp.blogspot.com/_Q6HuLUQzSJs/SskqEbz8OzI/AAAAAAAADzc/cukAzpa5JF0/s1600-h/villa-1.jpg">

nesta foto vemos a casa do grande senhor.
Toda a villa é de uma grandiosidade e de uma elegância de estilo, ricamente decorada com mosaicos, ainda faz hoje as delícias dos visitantes

3 comentários:

  1. É sem dúvida uma das mais bonitas de Portugal e com muita história para contar.
    Já lá estive e adorei todos os cantos.
    Belas imagens!
    Um beijo,
    Judite

    ResponderEliminar
  2. A cidade onde estudei :)
    Abraços
    http://bloteigas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Amigo Luis nesta bonita Cidade de Coimbra banhado pelo Rio Mondego,e comos seus maravilhos jardins,marqei lá passo na tropa duranre quatro meses, na especialidade.Bons tempos que não perdoam.Un abraço Angelo

    ResponderEliminar